sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Cultura Indígena

Nos dias 23 e 24 de setembro, como parte da programação da 9ª Primavera de Museus, foi realizado um curso de formação para professores sobre a cultura indígena, na Casa de Cultura UFMG, que integra o Campus Cultural UFMG em Tiradentes. O curso foi criado com o intuito de desenvolver um percurso que aborde a realidade indígena no Brasil, esclarecendo preconceitos e mistificações e também auxiliando os processos de ensino, por meio de conhecimentos gerais sobre a etnologia indígena e conhecimentos específicos sobre o cotidiano dos índios, com enfoque na etnia Kamayura.
O curso, ministrado por Andreia Duarte, é dividido em duas partes: a primeira tem o intuito de desconstruir o imaginário comum sobre a cultura indígena através de reflexões sobre o processo histórico; e a segunda visa abordar a realidade indígena, o cotidiano, suas especificidades culturais e a educação (informal e escolar), com ênfase nas comunidades do Alto Xingu.
Andreia Duarte tem 15 anos de experiência e pesquisa com a cultura indígena. A educadora viveu cinco anos na aldeia Kamayura (Parque Indígena do Xingu) e já visitou comunidades indígenas em Rondônia, Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Pernambuco, Alagoas, São Paulo e Mato Grosso. Desde 2001, tem ministrado diversas palestras e cursos de formação de professores sobre a temática indígena.


Foto: Anna Karina Bartolomeu